«Algumas queixas de hiperatividade são sinais de boa vitalidade dos miúdos»

A hiperatividade e o défice de atenção não são sinónimo de indisciplina, são perturbações que afetam crianças e adolescentes e devem ser tratadas. O pedopsiquiatra Pedro Strecht questiona no seu novo livro se não estaremos a abusar do rótulo e a tratar como doença um problema que é das famílias, da escola e da forma como estamos a lidar com o tempo (ou a falta dele). Pedro Strecht, 51 anos, pedopsiquiatra, tem mais de trinta livros publicados sobre questões relacionadas com o

Trate os seus filhos com cuidado: eles são feitos de sonhos

A infância tem o seu próprio ritmo, a sua própria maneira de sentir, ver e pensar. Poucas pretensões podem ser tão erradas como tentar substituí-la pela forma como nos sentimos, vemos ou pensamos, porque as crianças nunca serão cópias dos seus pais. As crianças são filhas do mundo e são feitas de sonhos, esperanças e ilusões que se acumulam nas suas mentes livres e privilegiadas. Há alguns meses saiu uma notícia que nos desconcerta e nos convida a refletir. No Reino Unido, mu

Quando for grande quero ser youtuber

Fenómeno de publicar vídeos no canal YouTube leva crianças e adolescentes a serem grandes consumidores e a desejarem uma vida como a dos seus heróis. Há pais preocupados. Esqueçam os jogadores de futebol, os cantores ou os apresentadores de televisão. A nova geração, quando crescer, quer ser youtuber, quer fazer vídeos que publica no canal YouTube, quer ter muitas visualizações e ganhar muito dinheiro. Impossível? Não. As crianças e os adolescentes vêem que já há quem, pouco

Até que ponto os pais devem ser amigos dos filhos?

Longe vai o tempo da figura parental autoritária. Pais e filhos estão cada vez mais próximos, mas nem sempre as fronteiras estão bem definidas. O que acontece quando o amigo vem primeiro do que o pai? “Na minha opinião, ser mãe não se deve confundir com ser amiga. Enquanto mãe, é preciso criarmos regras e mostrar que estamos presentes quando elas quiserem falar de problemas.” Teresa Tavares, engenheira de produção, vive com as duas filhas adolescentes, de 13 e 14 anos, em San

Adolescentes: Negociar mais, criticar menos

Não é fácil lidar com um adolescente e imagens como as da violência na discoteca Urban não ajudam. Já que não é possível fechá-los em casa até aos 25, o melhor é enfrentar o desafio. A psicóloga Cristina Valente escreveu um livro para dar umas pistas. «Está mesmo na idade da estupidez.» «A culpa é das hormonas.» «Os adolescentes estão na idade do armário. » Estas e outras expressões são utilizadas tantas vezes por pais à beira de um ataque de nervos. E pelos amigos deles, com

Professores aprendem a lidar com pais dificeis

Às vezes, não são os alunos que causam dores de cabeça nos professores, mas sim seus pais exigentes. A Federação Suíça de Professoras e Professores (LCH) elaborou um guia com orientações para tratar do que está se tornando um problema crescente. No passado, os pais apoiavam incondicionalmente, na maioria das vezes, as decisões tomadas por professores e escolas – escreve Beat W. Zemp, presidente da federação, no prefácio do guia. Contudo, trabalhar com os pais se tornou “bem m

Os livros devem ser lidos, explorados, anotados, sublinhados e guardados

Os hábitos de leitura sofrem com as novas tecnologias? A relação do livro com os mais novos está a mudar? O que se pode fazer? Como devem ser usados os manuais escolares? Sublinhar ou não sublinhar? Jorge Ascenção, Manuel Pereira, Filinto Lima e Paulo Guinote partilham as suas opiniões sobre estes assuntos, num trabalho que o EDUCARE publicará em duas partes. Ler, livros, leitura. Juntar palavras, construir frases, contar ou inventar histórias. Descobrir novos mundos, entrar

Raparigas partilham fotos intimas porque sao pressionadas por eles

Pressão, manipulação e ameaças são as estratégias adoptadas pelos rapazes adolescentes para obter fotografias íntimas das raparigas. As jovens sabem que devem dizer não mas muitas vezes cedem, diz estudo. Especialistas avisam que a prática é cada vez mais comum entre os jovens portugueses, que muitas vezes não estão conscientes dos perigos. “Por favor, ajudem-me… Eu gosto mesmo deste rapaz, mas ele usa-me. Está sempre a falar de sexo, quer fotos minhas e fica chateado quando

Criancas cada vez mais dependentes de likes.

Novo estudo realizado no Reino Unido sugere que as crianças entre os 8 e os 12 anos estão a tornar-se viciadas nas redes sociais e que os 'gostos' no Facebook e Instagram funcionam como uma validação social para elas Entre outubro e novembro, Anne Longfield, comissária das crianças em Inglaterra, desenvolveu uma pesquisa com o objetivo de perceber o impacto que as redes sociais têm atualmente no bem-estar de uma criança entre os 8 e os 12 anos, especialmente no que diz respei

O que os faz felizes?

Dizem-nos que ser mãe ou ser pai é a melhor coisa do mundo, mas ninguém avisa que isso implica também passar a viver acompanhados por questões constantes. “Será que fiz bem?” “Exagerei no castigo?” “Será que não disse que não com a frequência que devia?” No meio de todas as dúvidas que assaltam os pais, há uma resposta universal. Pergunte-se a qualquer um qual a coisa mais importante que quer para o seu filho e a resposta será: que seja feliz. A forma que reveste essa felicid

Alunos do quarto ano com dificuldades na leitura. E os rapazes com mais dificuldades.

Estudo internacional mostra que os alunos portugueses do 4.º ano pioraram nas competências de leitura. Uma análise, também internacional, revela que as raparigas estão melhores do que os rapazes. E um projeto nacional garante que promover a leitura no pré-escolar tem resultados positivos. Os alunos portugueses do 4.º ano estão piores nas competências de leitura, que abrangem os principais processos de compreensão nesta área, como localizar e retirar informação explícita, faze